CAFÉ

Café arábico impulsiona crescimento de 14,9% na safra 2016, afirma Conab

Em 2016, estima-se a produção de 49,67 milhões de sacas, das quais 40,3 milhões serão da variedade arábica e 9,4 milhões, da robusta

(Foto: EFE/Roberto Escobar)

Na manhã desta terça-feira (24/05), a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) divulgou uma nova estimativa da safra de café brasileira em 2016. Segundo os números da entidade, o país produzirá um total de 49,67 milhões de sacas de 60 quilos neste ano, 14,9% a mais em relação a 2015 (quando foram colhidas 43,24 milhões de sacas).

Apesar do crescimento, o valor ficou próximo do limiar inferior previsto anteriormente pela Conab (49,13 milhões de sacas).

Segundo a entidade, a variedade arábica teve melhor desempenho, o que sustentou o desempenho positivo em relação a 2015. “Isso se deve ao aumento da área em produção e às condições climáticas favoráveis…”, afirmou a Conab em seu estudo.

O grão arábico responde por 81% do total produzido no Brasil e deve representar 40,3 milhões de sacas em 2016, 25,6% a mais que no ano anterior.

Em contrapartida, a safra de café robusta (conilon) deve ter queda de 16% (9,4 milhões de sacas no total), sobretudo por conta da falta de chuvas e da alta temperatura no Espírito Santo, maior produtor nacional da variedade.

Marcados com: , ,
Publicado em Agricultura

Twitter: efeagrobrasil