BRASIL ARGENTINA

Empresas brasileiras do setor alimentício fazem missão comercial na Argentina

Segundo dados da Apex-Brasil, entre 2012 e 2016, o comércio entre Brasil e Argentina caiu 34,7%.

EFE\ Arquivo.

Representantes de cerca de 30 empresas brasileiras do setor da alimentação iniciaram nesta segunda-feira uma missão comercial na Argentina, que incluiu rodadas de negociações com importadores do país vizinho.
A missão é organizada pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), em conjunto com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), a Agência Argentina de Investimentos e Comércio Internacional (AAICI), a Confederação Nacional das Indústrias (CNI) e Sebrae.
“O objetivo desta nova missão é promover o comércio internacional de empresas brasileiras e argentinas, agregando valor ao esforço de cooperação institucional e integração regional”, disse a Apex-Brasil em comunicado.
Ao inaugurar a missão, o embaixador do Brasil em Buenos Aires, Sérgio França Danese, destacou a importância de outras cidades argentinas, como Rosario, Córdoba, Mendoza, Salta e Bahía Blanca, para estabelecer contatos com as empresas brasileiras.
A diretora da AAICI, Lorena Triaca, disse que o governo da Argentina decidiu “desburocratizar os processos“, especialmente para o setor alimentício.
A missão se estenderá até a próxima sexta-feira e incluirá rodadas de negociações e um seminário sobre o mercado argentino na embaixada do Brasil em Buenos Aires.
Os empresários brasileiros participarão, além disso, da Feira Lac Flavors, um dos encontros de negócios mais importantes do setor de alimentos e bebidas na região, organizado pelo BID.
Segundo dados da Apex-Brasil, entre 2012 e 2016, o comércio entre Brasil e Argentina caiu 34,7%.

Marcados com: , ,
Publicado em Alimentação e bebidas

Twitter: efeagrobrasil