MILHO

Para regularizar mercado, Conab realizará nova venda de milho dos estoques públicos

Na semana passada, o Conab já havia realizado outra venda de milho, na qual foram negociadas 16 mil toneladas deste produto

(Foto: EFE/Cézaro De Luca)

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento anunciou nesta quinta-feira (18) que dois novos leilões de venda de milho dos estoques públicos estão programados para este mês. Mais 50 mil toneladas do grão à granel serão oferecidas na próxima terça-feira (23) em pregões eletrônicos da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), para tentar regularizar o mercado. Na semana passada, foi realizado outro leilão no qual foram negociadas 16 mil toneladas do produto.

Para os próximos, programa-se a venda de 9,4 mil toneladas e 40,5 mil toneladas, respectivamente. O produto está estocado em armazéns nas cidades mato-grossenses de Pedra Preta, Ipiranga do Norte, Sinop, Lucas do Rio Verde, Nova Ubiratã, Sorriso e Várzea Grande e se destina a criadores de aves e suínos que utilizam o milho na ração animal. O preço do quilo, excluído o ICMS, será divulgado dois dias antes da realização do pregão.

Em julho, o Conselho Interministerial de Estoques Públicos (CIEP) autorizou a venda de 500 mil toneladas de milho para conter a alta na cotação do milho e seu impacto nos preços das carnes de frango e de suínos no mercado interno. Com o mesmo objetivo, outras 500 mil toneladas já haviam sido comercializadas pela Conab entre fevereiro e março deste ano.

Os interessados em participar dos leilões da próxima semana devem estar cadastrados na Bolsa de Valores pela qual pretendam realizar a operação e em situação regular no Sistema de Registro e Controle de Inadimplentes da Conab (Sircoi).

Marcados com: ,
Publicado em Economia

Twitter: efeagrobrasil