SOJA

Safra brasileira de soja deve bater novo recorde em 2016, avalia Cepea

De acordo com o Cepea, a rentabilidade da soja na safra 2015/2016 está atrataiva apesar da queda do preço do grão no mercado internacional

Foto: EFE/Cézaro De Luca

A safra brasileira de soja deve bater novo recorde em 2016 segundo análise de perspectiva para o ano de 2016 realizada pelo Centro de estudos Avançados em Economia Aplicada da USP (Cepea) divulgada nesta sexta-feira.

De acordo com a análise, a rentabilidade da temporada 2015/2016 está atrataiva apesar da queda do preço do grão no mercado internacional, compensado pela desvalorização do real frente ao dólar.

Até dezembro de 2015, o Centro de estudos estima que cerca de 40% da produção já havia sido comercializada.

O Cepea destaca ainda o aumento da produtividade na última safra, com salto de 27,6% chegando a 3.087kg/hectare. Se confirmados os números no momento de colheita, o país terá um aumento na oferta do grão de 86,2%, com 44,5 milhões de toneladas processadas no mercado interno e 57,5 milhões de toneladas em grão exportadas, um recorde.

De acordo com produtores ouvidos pela equipe do Cepea, o setor avalia que o dólar deve se manter elevado ao longo de 2016, o que garantiria a rentabildiade do grão em patamares elevados.

“De acordo com levantamentos da equipe de custos agrícolas do Cepea, considerando-se a compra de todos os insumos para a cultura da soja a preços de novembro/15 e a venda de toda a produção no mesmo mês, mantendo-se a tecnologia adotada na safra 2014/15, a rentabilidade média seria de 17,2% sobre o custo total. Em novembro de 2014, o rendimento era de 12,5%”, destaca o relatório divulgado hoje.

Para a estimativa, foram considerados os custos e receitas das regiões de Carazinho (RS), Londrina (PR), Cascavel (PR), Dourados (MS), Rio Verde (GO), Sorriso (MT), Primavera do Leste (MT), Uberaba (MG) e Barreiras (BA).

 

Marcados com: ,
Publicado em Agricultura

Twitter: efeagrobrasil