CAFÉ

Segundo governo, Colômbia poderá produzir 20 milhões sacas de café para 2020

Segundo o funcionário, o aumento da produção de café está em ascensão e se acredita ser possível alcançar os 15 milhões de sacas em 2016

O ministro da Fazenda da Colômbia, Mauricio Cárdenas, afirmou na última quinta-feira (1), durante o Comitê Nacional de Cafeicultores, que com a paz com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC) o país poderá produzir 20 milhões de sacas de café para o ano 2020.

“Tivemos um diálogo muito construtivo com os representantes cafeicultores no Comitê Nacional e chegamos à seguinte conclusão: com a paz vai a ser possível que no ano 2020 Colômbia esteja produzindo 20 milhões de sacas”, afirmou Cárdenas, citado em comunicado de seu escritório.

Segundo o funcionário, o aumento da produção de café está em ascensão e se acredita ser possível alcançar os 15 milhões de sacas em 2016.

“Espera-se que este ano a produção esteja entre 14.500 milhões e 15 milhões de sacas, um cenário muito positivo levando em conta que o ano passado a produção foi de 14,2 milhões”, acrescentou.

De acordo com os números dados pelo Comitê Nacional de Cafeicultores, a produção de café no mês de julho se viu afetada pelo desemprego e a greve caminhoneiros, que durou 45 dias. O ministro explicou que esse café ainda segue nas granjas, nas adegas e nas cooperativas por isso que a produção do mês de julho vai a aparecer nos seguintes meses do ano.

De acordo com a Federação Nacional de Cafeicultores, a produção de café nos últimos 12 meses chegou a 14,6 milhões de sacas, o que representou um aumento do 17 % a respeito dos 12,4 milhões de sacas colhidos no período anterior.

Marcados com: ,
Publicado em Agricultura

Twitter: efeagrobrasil