TECNOLOGIA

Software auxilia produtores de pupunha para palmito na gestão de propriedades rurais

Produtores de pupunha para palmito fazem uso de software para gerenciar a propriedade rural.

EFE/Stringer

Desenvolvido por pesquisadores e analistas da Embrapa Florestas (PR), o sistema também permite o registro e o acompanhamento dos custos operacionais de implantação, manutenção e colheita da pupunha.

O Planin Pupunha é um sistema que realiza a análise econômica da produção e auxilia na gestão do plantio em função dos custos de produção, taxas de juros e preço do palmito no mercado consumidor.

De acordo com o analista Joel Penteado Júnior, da Embrapa Florestas, “para planejar e gerenciar um estabelecimento agrícola, é necessário utilizar algumas técnicas e metodologias de administração que estimulam a reflexão sobre como estão sendo conduzidos os trabalhos e como as ações devem ser executadas”.

Com essa premissa, o Planin Pupunha possibilita ao produtor rural simular diversos cenários de manejo do seu plantio, personalizando cada caso.

Além de saber o volume de entradas e saídas financeiras, é importante que o produtor compreenda quais os itens que geram impacto na rentabilidade da atividade.

“Por isso, o sistema analisa o impacto de custos de operações necessárias ao cultivo de pupunha, como aração, gradagem, adubação, mão de obra, roçadas, colheita a cada período do cultivo”, explica Penteado Júnior, quem alerta para “entender como esses custos influenciam a rentabilidade é fundamental para o sucesso do empreendimento”

De acordo com seus desenvolvedores, o sistema visa cobrir uma lacuna. A pesquisa e extensão criaram e transferiram técnicas para o estabelecimento da cultura, mas ainda era necessário ajudar o produtor a gerenciar sua propriedade.

“Todo produtor rural, por mais simples que seja, no momento da decisão do que plantar, sempre faz uma análise dos benefícios que aquela determinada cultura pode trazer a ele, como retorno ambiental, social, econômico, mercado e mão de obra disponível, quer familiar, quer contratada”, conta Sebastião Bellettini, extensionista da Emater/PR.

Para ele, essas ferramentas de gestão são de grande valia, e o sucesso da propriedade depende delas para uma análise durante a tomada da decisão.

O alto custo de implantação do cultivo de pupunha para palmito e o fato de ser um sistema de produção voltado à agricultura familiar serviram de motivadores para a criação do software. A implantação de um hectare de pupunha para palmito custa em torno de R$ 11 mil.

“Por isso”, explica Bellettini, “os produtores precisam fazer esse tipo de análise. Além do custo e do tempo de retorno do investimento, é uma cultura permanente que vai ficar implantada na propriedade por muitos anos.”

O Planin Pupunha foi baseado nos casos de sucesso dos softwares Planin desenvolvidos por pesquisadores da Embrapa Florestas para pínus, eucalipto e outras espécies florestais.

“Os itens que compõem o custo de produção são próprios para cultivos de pupunha, e o sistema está estruturado para cobrir todos os segmentos de custos operacionais das atividades de implantação, manutenção e colheita.

O software possibilita o cálculo dos parâmetros de análise econômica mais utilizados no agronegócio”, explica o pesquisador Edilson Batista de Oliveira, da Embrapa Florestas.

Por Katia Pichelli