EXPORTAÇÕES

África do Sul puxa as exportações brasileiras de frango no mês de agosto

Embora acima da média dos outros meses, o número é inferior a agosto de 2017; a carne de porco também registrou números inferiores aos do ano passado

EFE/Ali Ali

As exportações brasileiras de carne de frango (considerando todos os produtos, entre in natura e processados) totalizaram 396,9 mil toneladas em agosto, segundo informou nesta terça-feira (4) a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA).

O volume é cerca de 59,8 mil toneladas acima da média de exportações registrada em 2018. Porém, na comparação com o ano anterior, o número é 4,6% menor que as 416,2 mil toneladas embarcadas no mesmo mês de 2017, que teve o melhor desempenho mensal do ano passado. Em receita, agosto totalizou US$ 633,8 milhões em exportações, 7,9% menos que os US$ 687,9 milhões de agosto de 2017.

“A África do Sul se destacou como grande importadora de carne de frango do mês, com embarques se aproximando das 40 mil toneladas no período. O desempenho mensal do setor […] reforça as projeções traçadas pela ABPA de uma previsão de exportações totais para 2017 em torno de 4,2 milhões de toneladas”, analisa Francisco Turra, presidente da ABP, em nota divulgada à imprensa.

No acumulado do ano de 2018, as vendas do setor chegam a 2,697 milhões de toneladas, 7,7% menos que as 2,921 mil toneladas embarcadas entre janeiro e agosto de 2017. Em receita, o saldo chega a US$ 4,309 bilhões, desempenho 11,8% inferior que os US$ 4,885 bilhões.

Os números da carne suína também apresentaram quedas: as 54,1 mil toneladas exportadas em agosto de 2018 são 8% inferiores às 58,8 mil toneladas de 2017; em receita, a diferença é de 31,3%, passando de US$ 143 milhões doze meses atras para os US$ 98,2 milhões divulgados hoje.

“Os embarques do setor devem superar 63 mil toneladas no mês. As vendas para China e Hong Kong seguem em ritmo elevado, reduzindo a lacuna deixada pela suspensão das vendas para a Rússia”, ressalta Ricardo Santin, diretor-executivo da ABPA.

No saldo acumulado entre janeiro e agosto, as exportações alcançaram 347,8 mil toneladas, 13,3% a menos que as 401,3 mil toneladas embarcadas entre janeiro e agosto de 2017. Em receita, o saldo do ano alcançou US$ 717,6 milhões, número 28,7% menor que o total obtido entre janeiro e agosto do ano passado, com US$ 1 bilhão.

Marcados com: , , ,
Publicado em Pecuária

Twitter: efeagrobrasil