TRIGO

Associação ensina como usar defensivos na cultura do trigo

Os dois mil exemplares de cartilhas impressas serão entregues aos triticultores de todas as regiões brasileiras.

Foto: EFE/Karl-Joseph Hildenbrand

Com a aproximação do início do período de colheita da safra, o setor moageiro está muito atento às determinações das leis nacionais, principalmente aquelas focadas em oferecer alimentos com todos os requisitos de saudabilidade para a população.

É por isso que a Associação Brasileira da Indústria do Trigo (Abitrigo) lançou nesta terça-feira, uma cartilha com orientações ao agricultor sobre o uso correto dos defensivos agrícolas para o cultivo do cereal.

“Representamos o elo entre o campo e a indústria de transformação [macarrão, biscoitos, pães e bolos] e também oferecemos a farinha de trigo para consumidores de norte a sul do país. Com este guia, reforçamos nossa responsabilidade em entregar produtos de excelência às mesas de milhões de brasileiros”, explica Rubens Barbosa, presidente-executivo da Abitrigo.

A publicação traz os limites das substâncias aprovados pela legislação nacional até junho/2017. Para facilitar o aproveitamento do material, estão organizadas as informações de emprego de agrotóxicos por período de aplicação (trato cultural), identificando assim o que pode ser utilizado de acordo com a época do cultivo.

Com essa iniciativa, a entidade pretende alertar para o uso correto, consciente e responsável dos agroquímicos.

“Nosso objetivo é prevenir danos a todos os envolvidos na agroindústria do trigo, uma vez que são previstas multas e sanções civis, penais e criminais aos usuários, comerciantes, fabricantes e produtores que não respeitarem as normas”, finaliza Barbosa.

Os dois mil exemplares impressos serão entregues aos triticultores de todas as regiões brasileiras. Na versão online, o conteúdo está disponível para download neste site.

Twitter: efeagrobrasil