IBGE

Colheita de 2019 será a segunda maior do Brasil em 44 anos, estima Ibge

A safra 2019 ficaria atrás apenas do recorde estabelecido em 2017, quando a colheita somou 240,6 milhões de toneladas de grãos

Um dos maiores produtores de alimentos do mundo, o Brasil deve ter, em 2019, uma safra de grãos de 233,4 milhões de toneladas, a segunda maior colheita de sua série histórica desde 1975 e um aumento de 3,1% em relação a 2018, segundo levantamento divulgado hoje (10).

De acordo com a terceira projeção do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (Ibge), a área cultivada neste ano aumentará para 62,2 milhões de hectares, 2,1% mais que a área do ano passado.

Caso as previsões se concretizem, a colheita 2019 será a segunda maior da série histórica, iniciada em 1975 e cujo recorde foi estabelecido em 2017, quando foram colhidas 240,6 milhões de toneladas de grãos.

Entre os produtos que impulsionaram os bons números previstos está o milho, com aumento na produção estimado para 8,6% pelo Instituto, graças ao adiantamento na temporada de chuvas.

As estimativas também preveem aumentos na produção de soja (0,8%) e no algodão (6,6%).

Entretanto, estão previstas quedas na safra de arroz (-4,8%) e na primeira colheita de feijão (-8%).

Quanto a 2018, o Ibge afirmou que a produção foi 5,9% menor que o recorde de 2017. A estimativa de dezembro para a colheita nacional de grãos de 2018 foi de 226,5 milhões de toneladas.

Dos principais produtos, houve quedas de 18,3% na colheita do milho e de 5,8% na do arroz, enquanto a soja registrou alta de 2,5%.

Marcados com: , ,
Publicado em Agricultura

Twitter: efeagrobrasil